Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desafio dos Pássaros tema #11

por Outra, em 22.11.19

Um dia na tua família… do ponto de vista do teu animal de estimação*

Será que falta muito para a dona sair para trabalhar? Mal posso esperar para me esgueirar lá para dentro para a cama da dona mais nova. Se o dono me deixar entrar como já é seu costume…ele vai levá-la ao trabalho e não são raras as vezes em que me deixa entrar.

Desculpem, nem me apresentei. Sou a “Melas”, diminutivo de ramelas. Sou uma gata tricolor e pertenço à 4.ª geração de gatos nascidos nesta casa. Por isso nasci com um problema nos olhos. Ninguém dava nada por mim. Foram os mais novos que trataram de mim e me limparam os olhos todos os dias…Mas vamos lá a um dia de aventura aqui em casa.

Quando a dona sai, o dono deixa-me entrar em casa. Vou de mansinho e salto para a cama da dona mais nova, aninho-me ali por cima da manta junto às pernas dela ou ao pé da cabeça. Espero que ela nem perceba que estou ali porque senão quer puxar-me e fazer festas, e isso é coisa que hoje não me apetece.

Ficamos as duas a dormir e quando ela se levanta também para ir trabalhar, sigo-a e fico à espera dela na porta da casa de banho. Ela vai tomar o pequeno-almoço depois. Há de chegar qualquer coisa para mim. Fiambre, queijo, mmmm maravilha.

Depois de todos saírem para trabalhar fico nas redondezas, a passear, caçar se me der fome e se estiver sol estendo-me no quintal…

Ao fim da tarde chegam todos, uns com mais pressa, outros nem tanto. Enquanto a dona trata do jantar vou-me enrolando nas pernas dela a ver se a convenço a fazer-me uma festa, ou a ir dar-me comida. Tenho sempre fome. Mas ela não facilita. Não me liga nenhuma.

Os mais novos chegaram. É hora de mimo. São capazes de estar um tempão a fazer-me festas. Ronrono de felicidade. Na hora de jantar deixo-me ficar debaixo da mesa sossegada enquanto jantam e conversam. Dão-me sempre algo para comer.

A minha parte favorita do dia é quando vão para a sala, ver televisão. Aninho-me num colo, ou junto das almofadas e ali fico a dormir. O que mais gosto é que sinto que estou mesmo em casa.

*Neste momento não tenho nenhum animal de estimação, mas já tive alguns em casa dos meus pais e este texto vem dessas memórias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.